REVISTA INTERCONTINENTAL DE GESTÃO DESPORTIVA-RIGD, Vol. 10, No 1 (2020)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

GESTÃO DO VOLUNTARIADO NUM EVENTO DE DESPORTO ADAPTADO: MOTIVAÇÃO, EXPECTATIVAS, PARTICIPAÇÃO E INTENÇÃO DE REPETIR A EXPERIÊNCIA

Ana Rodrigues, Jorge Soares

Resumo


Objetivos: (i) descrever o perfil dos voluntários em um evento desportivo de desporto adaptado; (ii) conhecer as motivações e expetativas dos voluntários que participaram num evento desportivo internacional de natação adaptada, e (iii) estudar a influência da variação da motivação e das expetativas, antes e após a realização do voluntariado, e a sua intenção de repetir a experiência de voluntariado. Metodologia: Participaram no estudo 74 voluntários (29 do sexo masculino e 45 do sexo feminino), com idades compreendidas entre os 18 e os 77 anos (34,57±18,22). Todos os participantes preencheram um questionário anónimo sobre as motivações e expectativas de participação como voluntários em eventos desportivos baseado no modelo de avaliação das expetativas dos voluntários (Downward & Ralston, 2005), antes e após a realização do voluntariado no Campeonato Europeu de Natação Adaptada (2016) que durou 8 dias. Recorreu-se ao Teste T para amostras emparelhadas, para estudar as diferenças antes e após a realização do voluntariado nas dimensões da motivação e expetativa. As correlações de Pearson permitiram analisar a associação entre o grau de satisfação e de intenção de repetir a experiência com as 7 dimensões em estudo. A regressão linear múltipla foi utilizada para determinar o efeito da variação das dimensões da motivação e das expectativas no grau de satisfação e de repetir a experiência. O software estatístico utilizado foi o SPSS, versão 26.0. Resultados e discussão: As dimensões experiência pessoal e participação na comunidade foram as mais valorizadas, enquanto a dimensão tradição de voluntariado a menos considerada antes e após o evento. Entre os dois momentos verificam-se diferenças com significado estatístico (p<0,05) nas dimensões: (i) oportunidades de trabalho; (ii) tradição de voluntariado; (iii) estima e (iv) egoísmo. Em média verifica-se uma desvalorização das dimensões oportunidade de trabalho (2,88±0,93 vs 2,46±1,07) e tradição de voluntariado (2,57±0,86 vs 2,35±0,67) e uma valorização das dimensões estima (2,77±0,82 vs 3,12±0,92) e egoísmo (2,86±0,84 vs 3,24±0,84). Ao serem questionados sobre o grau de satisfação com a experiência de voluntariado, verifica-se que a maioria reporta estar satisfeito, muito ou extremamente satisfeitos (17,1%, 25,7% e 37,1%, respetivamente). Conclusão: conclui-se que a organização do evento desportivo internacional que se enquadra na categoria de sport major event é importante para a participação do voluntário no sentido promover a aprendizagem e o desenvolvimento de experiências pessoais e incentivar a participação da comunidade local. Conclui-se ainda que na cultura de participação em voluntariado no desporto, não sendo uma característica desta população, o grau de satisfação dos voluntário foi elevado, quer os jovens, quer os de idade mais avançada, por terem vivenciado experiências enriquecedoras, manifestaram intenção de voltar a ter uma experiência similar.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.


 
Convênio da Prefeitura de SJB com universidades - PMSJB